Nessa página você terá acesso a quais exames você tem que fazer para saber se seu animal tem leishmaniose canina! Qualquer dúvida ou comentário pode escrever abaixo do artigo que vamos responder todas!

Não se preocupe, vamos abordar o tema de forma bem simples, assim ficará mais fácil para todos entenderem!

1° Passo
Verificar se seu animal possui alguns sintomas da leishmaniose canina.
Clique aqui e saiba mais sobre os sintomas.

2° Passo
Levar seu animal o mais rápido possível ao médico veterinário de sua confiança. O médico veterinário irá fazer o exame clinico do seu animal e também poderá pedir outros exames complementares.

3° Passo
Realizar os exames específicos da leishmaniose canina.

Esse é o ponto que gera mais dúvidas! Por isso vou escrever aqui tudo que você precisa saber sobre os exames para fazer um diagnóstico correto e seguro da leishmaniose canina.

Existem 3 grupos de exames para diagnóstico da leishmaniose canina:
Exames parasitológicos, moleculares e sorológicos. Não se preocupe com esses nomes! Siga em frente.

Todos os exames têm suas vantagens e desvantagens assim é preciso que o médico veterinário veja qual seria o melhor exame para cada animal, com isso teremos um resultado excelente e verdadeiro.

Exames sorológicos Qualitativo:
Vantagens: É um teste rápido, em 10 minutos se tem o resultado.
Desvantagens: O resultado é somente positivo ou negativo. Não determina a quantidade de anticorpos (soldados contra a leishmania).

teste leishmaniose canina
Teste Leishmaniose Canina

Exames sorológicos Quantitativo:
Vantagens: Determina a quantidade de anticorpos (soldados contra a leishmania).
Desvantagens: O resultado é extremamente dependente da qualidade do laboratório. Pode dar positivo para outra doença (trypanossomas).

Exames moleculares:
Vantagens: Detecta diretamente a leishmania através de seu DNA. Localiza raras leishmanias no organismo. É específico para a leishmania. Determina a carga de leishmania no organismo.
Desvantagens: Não revela o estado sorológico.

Exames parasitológicos – Citologia ou Histopatológica:
Vantagens: É específico para a leishmania.
Desvantagens: Não revela o estado sorológico, necessita de uma mão de obra especialista e experiente. Pode não encontrar leishmania em animais com pouca carga.

Exames parasitológicos – Cultura do parasita:
Vantagens: É específico para a leishmania.
Desvantagens: É mais demorado (1 mês), não revela o estado sorológico. O resultado é extremamente dependente da qualidade do laboratório.

Muito bom pessoal esses são os exames que temos em nossas mãos para fazermos o diagnóstico do seu animal.
É preciso sempre falarmos que esses exames são o complemento de várias avaliações que seu médico veterinário irá fazer!

Em minha opinião eu gosto muito de realizar o sorológico (qualitativo) e o molecular (PCR quantitativo), mas cada caso é um caso e pode haver exceções.

Agora você já sabe os principais exames para diagnóstico da leishmaniose canina!

Um grande abraço e se houver alguma dúvida, sugestão deixe o comentário aqui em baixo!

A sua dúvida por ser a dúvida de várias pessoas!

Gostou do artigo e do conteúdo ajude outras pessoas a saberem, então curta aqui e compartilhe.

Descubra as 3 verdades sobre a Leishmaniose aqui!


Dr. Fábio Fidelis
Dr. Fábio Fidelis

Sou amante dos animais desde de criança, minha família tem um grande vinculo com os animais e tenho vários membros da família na profissão de médico veterinário inclusive o meu incrível pai (Dr. Eduardo Costa) o qual tenho extrema admiração! -Conclui o curso de Medicina Veterinária pela UFMG em 2011. - Pós graduação em ultrassonografia em 2012. - Pós graduação em clinica e cirurgia de pequenos animais em 2014. - Pós graduação em anestesiologia em 2014. - Pós graduação em ortopedia em 2014. - Pós graduação em Leishmaniose desde 2015. - Pós graduado em Dermatologia em 2017. - Autor do Livro: O Cão Não É O Vilão - Idealizador do Curso: Os Segredos Da Leishmaniose Canina - Hoje atuo como médico veterinário no Hospital Veterinário Cambuá em Bom Despacho (Minas Gerais) - http://hospitalveterinariocambua.com.br

    5 replies to "Quais exames eu tenho que fazer para saber se meu animal tem leishmaniose?"

    • LARISSA LIMA DA SILVA

      O meu cachorro tem todos os sintomas de leishmaniose canina. Ele fez o exame sorologico qualitativo e deu positivo. O veterinário da zoonoses indicou procurar uma clínica particular. Qual o melhor exame nesse caso ?

    • Eclesia

      Ola! Fiz a puncao da medula e o resultado saiu no dia seguinte e deu NEGATIVO. Eh recomendado repetir o exame depois de um tempo. Ainda nao repeti. Ela esta muito bem! Usando a coleira Scalibor.

    • Eclesia

      O veterinario da Luna fez o teste rapido e deu positivo, mas já li em varios lugares que ele pode gerar um falso positivo. Ele praticamente nao deu opções. Disse que Luna poderia passar por um tratamento de 1500.00 em que ela mesmo assim nao teria qualidade de vida, ou sacrificar. Luna nao apresenta sintomas visiveis, a levamos no net por estar com uma otite. Quero fazer um exame que comprove mesmo se ela está doente ou não. Mas nao sei qual dos exames devo fazer. Li que a punção da medula é um dos melhores mas a grande verdade é que nunca encontro certeza em lugar algum. E tenho medo que fazendo esse exame ela fique com sequela 🙁

      • uelydaluiza

        Oi, aconteceu a mesma coisa com o meu cachorro. Oq houve com o seu?

Deixe seu comentário ou dúvida