Nessa página você terá acesso a todos os principais sintomas da leishmaniose canina! Qualquer dúvida ou comentário pode escrever abaixo do artigo que vamos responder todas!

Certo. A leishmaniose canina pode ser divida em duas categorias: Leishmaniose visceral e a Leishmaniose Tegumentar. Vamos abordar os sintomas gerais ok? Assim ficará mais fácil para todos entenderem!

Sintomas gerais da leishmaniose canina:

-Perda de peso.

-Apetite anormal.

-Animal fica mais triste (letargia).

-Palidez das mucosas (olhos, boca, vulvar, prepúcio).

-Aumento do baço (Esplenomegalia).

-Aumento da quantidade de urina.

-Aumento da quantidade de ingestão de água.

-Febre.

-Vômito.

-Diarreia.

-Aumento dos linfonodos. (linfonodomegalia).

 

Sintomas cutâneos da leishmaniose canina:

-Perda de pelos (alopecia).

-Dermatites sem coceira, e também pode não ter queda de pelos.

-Lesões na pele profundas ou superficiais.

-Presença de nódulos na pele.

-Presença de “bolhas” de pus na pele, pode ser pequena ou grande.

-Crescimento exagerado das unhas.

Sintomas oculares da leishmaniose canina:

-Lesões nas pálpebras (Blefarite).
-Conjuntivite.
-Falta de produção de lágrima, olho fica irritado e seco (Ceratoconjuntivite seca).
-O olho fica mais opaco (Uveíte e endoftalmites).

Outros sintomas da leishmaniose canina:

-Lesões nas cavidades orais, genitais e nasais.
-Sangramento nasal, eventual ou continuo (Epistaxe).
-Dor no animal ao andar, correr, pular (Poliartrite, osteomielite, polimiosite).
-Dor no animal ao mastigar e comer alimentos (Miosite atrófica mastigatória).
-Dificuldade de coagulação do sangue de um machucado ou ferida ou por coleta de sangue (trombocitopenia, vasculite sistêmica, tromboembolismo arterial).
-Convulsões e outros problemas neurológicos.

Clique aqui e conheça mais sobre os estágios da leishmaniose.

Sintomas da leishmaniose
Sintomas da leishmaniose: A) Sangramento nasal; B) Uveíte bilateral; C) Conjuntivite e blefarite; D) Queda de pelo e aumento dos linfonodos. E) Perda de pelo e queda de pelo.

Agora você já sabe os principais sintomas da leishmaniose canina!!!

Caso seu animal tenha algum desses sintomas procure mais rapidamente o médico veterinário de sua confiança.

 

Um grande abraço e se houver alguma dúvida, sugestão, deixe o comentário aqui em baixo!

A sua dúvida por ser a dúvida de várias pessoas!

Gostou do artigo e do conteúdo ajude outras pessoas a saberem compartilhando ele.

Descubra as 3 verdades sobre a Leishmaniose aqui!


Dr. Fábio Fidelis
Dr. Fábio Fidelis

Sou amante dos animais desde de criança, minha família tem um grande vinculo com os animais e tenho vários membros da família na profissão de médico veterinário inclusive o meu incrível pai (Dr. Eduardo Costa) o qual tenho extrema admiração! -Conclui o curso de Medicina Veterinária pela UFMG em 2011. - Pós graduação em ultrassonografia em 2012. - Pós graduação em clinica e cirurgia de pequenos animais em 2014. - Pós graduação em anestesiologia em 2014. - Pós graduação em ortopedia em 2014. - Pós graduação em Leishmaniose desde 2015. - Pós graduado em Dermatologia em 2017. - Autor do Livro: O Cão Não É O Vilão - Idealizador do Curso: Os Segredos Da Leishmaniose Canina - Hoje atuo como médico veterinário no Hospital Veterinário Cambuá em Bom Despacho (Minas Gerais) - http://hospitalveterinariocambua.com.br

    21 replies to "Quais são os principais sintomas da leishmaniose?"

    • Ennio Campelo

      Tenho um dalmata de 6 meses. Aos 3 meses surgiu uma ferida no fucinho e nao cicatrizava. Levei no veterinario para fazer hemograma e exames para leishmaniose. O hemograma deu tudo regular, apenas o Linfocitos deu alterado para cima.
      O Sorologico e Teste Elisa deram REAGENTES.
      Parasitologico em lamina e cultura em meio NNN deram negativos.

      O veterinario pediu para eu repetir os exames para leishmaniose pois não conseguia me informar com precisão se ele realmente era positivo de leishmaniose.

      Lendo nesta publicação os sintomas gerais, vi que meu cachorro apresenta varios deles.
      Recebi ele com 2 meses de idade. Ele ja chegou com diarreia, olhos vermelhos, bebe bastante agua e urina bastante tambem. Cai bastante pelo, mas nao tem nenhuma falha na pelagem dele.
      A alimentação dele é controlada, com ração super premium e mesmo assim as fezes são moles/aguadas.

      Devo fazer outros exames ou já é certo que ele tem leishmaniose? É possivel ele vir da barriga da mãe com esta doença?

      • Dr. Fábio Fidelis

        Ennio obrigado pelo contato!
        Os exames de leishmaniose tem variações de acordo com a coleta e o laboratório.
        Nesse artigo escrevi algumas vantagens e desvantagens de alguns: http://leishmaniosecanina.com.br/diagnostico-da-leishmaniose-canina/

        Sugiro que converse com o seu médico veterinário e faça o exame mais preciso possível para que se de positivo, trate o mais rápido possível e se de negativo, acalme todo mundo.

        Na minha rotina, sempre faço o sorológico e o pcr da medula. Mas atenção o pcr depende muito do laboratório e da coleta. O profissional que coletar a medula tem que ser treinado para fazer tudo certinho e não dar margem de erro.

        Conte comigo!

    • Laudicéia

      Bom dia Dr.
      Há 6 meses resgatei uma cadela idosa em situação bem delicada. Estou tratando ela desde então. Ela melhora. Ganhou peso e estava melhorando a pele.
      Mas quando estou aliviando ela volta a piorar. Fizemos o primeiro teste logo que a tirei da rua. Deu negativo. Posteriormente por conta de problemas de pele a veterinária pediu um novo exame que foi feito com material da medula. Deu negativo tb para leishmaniose. Começamos a tratar a pele com um corticoide e outra medicação. Ela teve reação alérgica logo em seguida. Internamos e suspendemos os remédios. Ela perdeu todo o pêlo e a pele descamou. Fizemos exame histopatologia, acusou alergia e inflamação na pele. Fiquei tratando ela em casa com ervas no banho. 19 dias depois ela estava novamente toda bonita e com pêlos novos. Passou pouco mais de um mês sem problemas. Daí teve uma crise de convulsões. Ficou 24 h convulsionando. Hoje tá tomando gardenal. Não teve mais crises. Passaram mais uns 15 ou 20 dias e ela novamente apresentou crise alérgica. E novamente a veterinária mandou fazer outro exame para leishmaniose o Elisa. Há a possibilidade de dois exames darem resultado negativo falso?

      • Dr. Fábio Fidelis

        Oi Laudiceia! Obrigado! Tem a possibilidade de dar falso negativo e também do animal ser sorologicamente negativo, porem ser positivo para a presença da leishmania.

        O importante é fazermos um avaliação geral do animal, com exames específicos e gerais. Em relação aos exames específicos, como a punção de medula é extremamente importante a experiencia de coleta, laboratório e tempo de avaliação. Ajuntando tudo isso, temos como fazer um avaliação mais criteriosa e darmos um melhor tratamento!

    • Sonia

      Olá Dr. Fábio, gostaria de saber se existe vacina para prevenir contra esta doença. Obrigada.

    • Joina

      Oi Boa tarde a minha cadelinha está com ferimentos na região do rosto e ta gripada no final da tarde div com o tudinho entupido nos muito preocupada com ela to como medo de leva ela no veterinário e lá mesmo ela fica .

    • Luciana

      Boa noite…
      Dr. Fabio, estou muito triste pois minha cadela de sete meses da raça pastora malinuar voofoi diagnosticada com calazar..e está sendo muito rápido a devastão dos protozoários sobre ela. Os pêlos estão caindo muito e apareceu várias feridas… Será q ela resiste em tomar essa medicação importada o milteferon?

      • Dr. Fábio Fidelis

        Oi Luciana! Obrigado pelo contato!

        A Primeira coisa a se fazer é ver qual estágio da doença ela está, para depois fazer o tratamento adequado!
        Recomendo que procure um médico veterinário de sua confiança para te ajudar a salvar a vida dela!

        Conte comigo!

    • Michel De Oliveira Delgado

      Olá tem como diagnosticar via exame sal dos dois tipos de leishmaniose é? Digo isso pois fizemos o pcr no sangue e deu negativo. Ela está com uveite e a oftalmo acredita que deu falso positivo? É possível?
      Este é o único sintoma que persiste…. só com o corticoide no olho ela parou de perder peso e com vitamina o pelo melhorou. Ñ acredito que este seja o diagnóstico mas fico confusa. Tem algum outro exame definitivo para diagnosticar além do cor?
      O rifi deu positivo mas o veterinário clínico pediu o por sangue que deu negativo e ele acha que pode ser algo auto imune.
      Você conhece algum especialista em São Paulo?

      • Dr. Fábio Fidelis

        Olá Michel, obrigado pelo contato!
        Infelizmente não conseguimos diagnosticar se o seu animal possui a Leishmaniose tegumentar ou visceral, não existe nenhum exame comercial que faz essa identificação. É possível dar falso positivo, porém é raro, por exemplo, somente aconteceu comigo em 2 casos em todos os animais que já atendi, fazemos no mínimo 360 exames por ano. Realmente, a uveíte é um sintoma da leishmaniose, é muito comum também acontecer primeiro a cerato-conjuntivite seca e depois ocorrer a uveíte. Na minha rotina faço 1° o exame sorológico e dando positivo, faço o PCR Quantitativo, da medula óssea, além de fazermos exames hematológicos e bioquímicos, pois é o conjunto de exames que farão o diagnostico, principalmente em casos em que não há sintomatologia. Não sugiro fazer o PCR do sangue, pois na minha experiencia, já aconteceram de dar negativos em animais positivos, sugiro fazer da Medula Óssea, é la que se encontra mais leishmanias. Em São Paulo indico o Hospital Sena Madeira.
        Sei que é realmente complexo fazer o diagnostico da leishmania, por essa razão é que resolvi fazer um livro e um curso explicando tudo sobre a doença. No link abaixo você encontrará mais detalhes.

        >>>Link do Curso: http://leishmaniosecanina.com.br/os-segredos-da-leishmaniose-canina/
        >>>Link do Livro: http://leishmaniosecanina.com.br/leishmanioseebook/

        Conte comigo!

    • Vivianne Araujo

      Que triste, minha cadela de 7 anos foi diagnosticada com Leishmaniose e infelizmente fomos induzidos a fazer a eutanásia pois não tinha conhecimento da doenca e nos falaram q não havia cura e nem tratamento….ainda estamos sem acreditar nessa perda lastimável da nossa bbzao…

      • Dr. Fábio Fidelis

        Viviane obrigado pelo contato! Infelizmente milhares de cães estão sendo sacrificados injustamente, tenho um sonho de um dia podermos diagnosticar mais cedo para podermos tratar todos os animais positivos!

    • Gisele Souza Lakatos

      Bom dia Dr.Fábio Fidelis.Tenho uma,cachorra da raça SRD mas ela mora com minha sogra na Bahia ,ela esta com suspeita da doença Calazar.
      Hj vai ser coletado o exame de sangue pra levar pra análise ,se confirmado a vacina milteforan ela vai ter que tomando mês. Eu te agradeço. …

      • Dr. Fábio Fidelis

        Oi Gisele, obrigado pelo contato. O milteforan é um dos medicamentos usados para o tratamento da leishmaniose, é importante que seu veterinário avalie qual é o estágio da doença para escolher a medicação adequada. Fiz um e-book que tem todos os tratamentos e como estadiar a doença corretamente que pode te ajudar! Basta acessar por aqui: http://leishmaniosecanina.com.br/leishmanioseebook/

    • Lucimara Farias

      Bom dia meu cachorro foi diagnosticado com essa doença quero fazer o tratamento, porém na minha cidade a maioria dos veterinários me indicaram eutanásia…oque devo fazer pra que ele faça o tratamento ? É necessário o veterinário presente?

      • Dr. Fábio Fidelis

        Oi Lucimara, obrigado pelo contato! Sim, é necessário o veterinário para estadiar a doença e prescrever a medicação adequada. Sugiro que procure um médico veterinário especialista na doença para que possa tratar da forma adequada. Conte conosco!

    • juliana

      onde fica msm esse hospital em qual estado?
      mande um email quero muito tira algumas duvidas

      • Dr. Fábio Fidelis

        Olá Juliana! Obrigado pelo contato, ficamos em Minas Gerais! Meu e-mail é drfabio@cambua.com.br, obrigado!

    • Nino Bicelli

      Caro Dr. Fábio Fidelis, Bom dia!

      Lemos seu artigo sobre a Leishmaniose Canina e nos interessou muito. Temos uma filhote de pastor alemão com 9 mêses e a mesma foi diagnosticada com essa terrível doença.
      Somos contra a eutanásia e por isso vamos seguir suas orientações medicamentosas e
      esperamos melhorar a qualidade de vida do animal.
      Vimos também um anúncio do medicamento MILTEFORAN, o Sr. teria ele para venda?
      Pesquisamos na internet e vimos que o mesmo é liberado em outros países.

      Na expectativa de seu pronunciamento favorável, agradecemos.

      Um forte abraço e boas festas!

      Nino e Anita

      • Dr. Fábio Fidelis

        Bom dia Nino e Anita, é um grande prazer poder ajudar os animais a ter uma qualidade de vida melhor! Hoje trabalho no Hospital Veterinário Cambuá e aqui nos temos o milteforan. Vou te enviar um e-mail com mais detalhes! Grande abraço e conte comigo.

Deixe seu comentário ou dúvida